Textos de MLuiza Martins

Quando não se pode amar um, é libertador amar a todos.

Textos


 
                                                    PULCRITUDE

      Estava lendo um livro em voz alta, ouvindo minha própria voz.  E me surpreendendo com o som e a entonação acompanhando o sentido da leitura.
Mas não sabia o significado da palavra. E interessante que minha voz era agradável de ouvir.
Acompanhei a voz que parecia estar falando em bom som de um palco, para uma ouvinte.
Gostei e fui ver seu significado: formosura, beleza, gentileza.
Gostei, mas ninguém usa esta palavra.  Como,  a esta altura, conhecer uma palavra nova, e aconteceu lendo "Vastas Emoções", de Rubem Fonseca.
      - Vim escrever impressionada com o fato de escutar a minha própria voz. Na verdade, o acontecimento foi melhor que a leitura. Vivendo e aprendendo.
 
MLuiza Martins
Enviado por MLuiza Martins em 21/12/2017

Música: The Blower's Daughter - Damien Rice

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (http://recantodasletras.uol.com.br/autores/mluiza). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras