Textos de MLuiza Martins

Quando não se pode amar um, é libertador amar a todos.

Textos

Acabei de chegar de um sufoco, vindo do hospital.
Antes, eu sofrera muito por conferir que não estou sendo mais importante ou significativa para meus filhos e meu netinho´Na verdade todos esperam a minha morte para a vida deles melhorar de dinheiro e de liberdade de abusar dos outros e da vida.
Desde ontem, refletindo sobre a familia eu estava vendo a extensão dos danos. a indiferença de eu ser prejudicada e de eu desistir de tudo que  seia meu. e com as quais eu poderia melhorar o meu sítio que está muito abandonado.
E comecei a ficar triste. A sofrer muito mais do que podia suportar..
Principalmente avaliando que o AMOR estava caindo no esquecimento. E eu amo a todos e por eles faço tudo que poço, e até mais.
A tristeza cresceu e ficou intolerável. Receei um enfarte.
Mas hoje, atraves de papo de irmaos por telefone vi que não estou incluida nas festividades deles. Sou secundária para eles. Isto é um choque que pode me desrtruir. Meus pais e os quatro irmãos morreram de enfarte. Todos eram maravilhosos e ficou só eu, també candidata a uma mesma sorte. Mas não quero morrer por agora. Estou cheia de vida e de encantamentos. Planos até. Hoje piorei e temi morrer esta noite. Fui a um hospital, pressão baixa.
O médico achou que tenhoansiedade e preciso é de terapia. 
Foi uma decepção , pois não procurei um psicólogo e sim um cardiologista.
Me receitou um DIAZEPAN e lá fui medicada. Escrevo agora antes de deitar, que posso apagar. Pelo menos talvez eu durma bem. 
E espero viver e acordar para um novo dia. E que seja BOM Meu DEUS!
MLuiza
 
MLuiza Martins
Enviado por MLuiza Martins em 24/05/2017

Música: -

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (http://recantodasletras.uol.com.br/autores/mluiza). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras